Dicas de Saúde

Por um Inverno sem Caspa

Problema que atinge mais de dois bilhões de pessoas em todo mundo, a caspa pode incomodar em qualquer época do ano. Mas é no inverno, sob temperaturas mais baixas, que a também chamada “dermatite seborreica” costuma surgir com maior frequência. Veja como evitar ou aliviar esse incômodo. 


Para começarmos a entender: o frio provoca o ressecamento da pele do couro cabeludo e o aumento da produção da glândula sebácea, o que resulta em maior retenção de células mortas na descamação. Os especialistas explicam que a caspa é uma inflamação que produz descamação da pele, normalmente no couro cabeludo. 


Entre os fatores que provocam ou intensificam o quadro estão os banhos quente, maus hábitos de saúde e procedimentos químicos nos cabelos. Além das incômodas e antiestéticas descamações, a dermatite seborreica provoca vermelhidão, coceira e ardência. 


O uso rotineiro de shampoos anticaspa é apontado como a melhor opção para evitar a descamação, pois tem efeito anti-inflamatório, nutre o couro cabeludo e hidrata os fios. Outras dicas: 


- Tenha uma alimentação equilibrada e pratique exercícios físicos assiduamente; 


- Evite os banhos com água muito quente. Prefira a água morna; 


- Controle a temperatura do secador de cabelos e o uso excessivo do ar quente próximo ao couro cabeludo; 


- Não durma com os cabelos molhados e evite o abafamento do couro cabeludo;  


- Se o problema persistir, procure seu dermatologista.

Arquivo