Notícias

Emoções da Copa Trazem Risco para o Coração

Um estudo brasileiro e outro alemão, divulgados recentemente, concluíram que a incidência de infartos agudos do miocárdio e outros eventos cardíacos aumentam durante as Copas do Mundo. Nos últimos jogos, em geral mais emocionantes, eles tendem a crescer ainda mais, incluindo a morte súbita. 


Estudo da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP), de 2013, publicado nos Arquivos Brasileiros de Cardiologia, revelou que nos dias de jogos da Copa do Mundo aumenta de 4% a 8% a incidência de infartos. O trabalho analisou dados sobre internações e mortes no Brasil nas Copas de 1998, 2002, 2006 e 2010. 


 


Publicado na revista The New England Journal of Medicine, um estudo alemão avaliou os eventos cardiovasculares na população de Munique durante a Copa de 2006, sediada naquele país. O levantamento constatou que a incidência de emergências cardíacas naquele período foi 2,66 vezes maior do que o normal. Entre os homens, o risco de um evento cardíaco mais do que triplicou.

Arquivo