Notícias

Americanas Desconhecem Sinais do AVC

Estudo recentemente publicado no periódico Stroke, da Associação Americana do Coração, concluiu que as mulheres norte-americanas não identificam a maioria dos sintomas de um acidente vascular cerebral (AVC), o derrame.


Em levantamento via telefone que ouviu 1.205 mulheres, os pesquisadores descobriram que 51% reconheceram a fraqueza repentina (ou dormência) em um lado da face, braço ou perna como sinais de alerta para o problema; menos da metade (44%) identificou dificuldade na fala ou distorção no discurso como sintoma de AVC, enquanto menos de um quarto assinalou outros sinais, como dor de cabeça súbita e intensa (23%), tontura inexplicável (20%) e perda repentina da visão (18%).


Os especialistas comentaram que desconhecer os sinais do derrame pode ser um empecilho na redução de mortes e sequelas da doença, porque a demora em buscar ajuda custa vidas e dificulta a recuperação funcional.


Doenças cardiovasculares aparecem como as principais causas de morte no Brasil e no mundo, sendo o AVC a mais fatal entre brasileiros de ambos os sexos. Segundo o Ministério da Saúde, em 2011 cerca de 100 mil pessoas morreram devido à doença, sendo que 49,5% eram mulheres.

Arquivo